A Polícia Civil do Distrito Federal segue investigando o atropelamento de uma criança de 4 anos ocorrido na última quarta-feira (17), na DF-130.  Trata-se de uma caminhonete Hilux, cor prata, placa ainda não identificada. As investigações estão sendo conduzidas pela 6ª DP (Paranoá).

De acordo com as imagens de câmeras de segurança obtidas pela investigação, o mesmo veículo aparece, 20 minutos após o crime, na região do Café Sem troco, com a frente danificada, momento em que também não foi possível identificar a placa e o motorista.

Todos os veículos, com as mesmas características da caminhonete do suspeito e que circulavam na região, foram apreendidos e submetidos a exames periciais, entretanto, até o momento, o suspeito ainda não foi identificado.

Atropelamento

Vitória está internada em estado gravíssimo no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) após ser atropelada na quarta-feira (17/2). A garota andava de bicicleta no acostamento da DF-130, no Núcleo Rural Rajadinha, em Planaltina, quando foi atingida pela caminhonete. O motorista fugiu do local sem prestar socorro.

O medo da família é de que seja decretada a morte cerebral da menina. De acordo com a tia-avó da garotinha, as crianças que estavam com Vitória no momento do acidente relataram que ela retornava para casa quando foi atingida por uma caminhonete. A pequena estava acompanhada da irmã, 7, que está em estado de choque.

A PCDF solicita ajuda da mídia local e comunidade com informações e ou denúncias por meio dos canais on-line, disponíveis no site oficial da instituição ou ainda pelo Disque-Denúncia (197), ligação gratuita e sigilo absoluto do denunciante.

Vale lembrar que os plantões de todas as delegacias circunscricionais do DF funcionam 24 horas, todos os dias, para atendimento e esclarecimentos sobre procedimentos e registros de ocorrências policiais.

Assessoria de Comunicação/DGPC

Fique por dentro do que acontece em Brasília

Receba atualizações semanais.

Relacionados

Tragédia: homem mata pais e fere irmã em Águas Claras

O crime ocorreu na Rua 19 Sul em Águas Claras. A Polícia Civil no momento colhe as informações no local

Volta às aulas presenciais na rede pública do DF é “urgente”, diz Ibaneis

O chefe do executivo defendeu a volta das atividades presenciais na rede de ensino pública durante cerimônia em colégio de Santa Maria

Ibaneis decreta lockdown a partir de segunda-feira (1º)

“Estamos com 92% de UTIs ocupadas e vamos tomar as providências aos poucos, na medida do que for necessário. Por enquanto, essas são as providências urgentes”, afirmou o governador