A felicidade cabe em qualquer espaço, depende de onde você escolhe coloca-la. Cabe no calor de um abraço, e no sabor de um café quentinho. Cabe em pequenos cantos da casa, em gavetas e prateleiras cheias de memórias. Cabe nos vasos das plantas que acabaram de florir, e no seu travesseiro também. Felicidade, cabe em potes de açúcar, e cabe nos sapatos que você usou naquela viagem incrível. Cabe nas páginas de um livro inesquecível, e no cheiro de bolo saindo do forno.

Cabe em um banho de chuva, de banheira e de mar. Cabe dentro do fusquinha, e dentro de uma barraca também. Felicidade cabe em caixas de chocolate e em caixas de lápis de cor. Cabe dentro das duas horas de um filme incrível, e cabe nos poucos minutos de uma ligação telefônica. Cabe em envelopes de cartas, e cabe em frascos de perfume também. Cabe em horinhas e minutinhos, mas pode caber na eternidade. Se você assim permitir.

Essa tal felicidade, que tantos buscam, que tantos querem; não tem endereço definido e tampouco um horário de chegada ou partida. É inquilina das possibilidades, e se aconchega onde nós a permitirmos estar. Sendo assim, é ato de escolha contínua. Cabe à cada um descobri-la, cultivá-la e abraçá-la. Para que ela possa fazer morada nas miudezas de nossos dias.

Permita-se ser feliz !!!

RAFAELA DI GUIMARÃES CAMARGO
Psicóloga CRP 13804
[email protected]

Fique por dentro do que acontece em Brasília

Receba atualizações semanais.

Relacionados

UPA Planaltina vai ser inaugurada nesta quarta-feira (8)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, vai inaugurar a Unidade de…

GDF convoca profissionais para a atenção primária e combate à dengue

A Secretaria de Saúde convocou, nesta terça-feira (7), mais 40 agentes de…

Evento celebra as 100 mil vacinas aplicadas na Praça dos Cristais

O ponto de vacinação da Praça dos Cristais, no Setor Militar Urbano,…