DE MÃOS DADAS

“Quando nos sentimos cuidados, e verdadeiramente amados, carregamos dentro de nós a capacidade de “ir”. O precioso vínculo, que nos autoriza a sermos nós mesmos, com autenticidade e segurança”, escreve a psicóloga Rafaela Di Guimarães em sua coluna

OUÇA OS SILÊNCIOS

“Dentro destes silêncios, vão se formando teias de sintomas, sinais de um adoecimento emocional, que tende a crescer e piorar; se não for cuidado,” escreve a psicóloga Rafaela Di Guimarães em sua coluna.

ENCONTROS

“Em todo encontro, há uma troca: você deixa algo de si, e leva algo do outro” – confira a coluna da psicóloga Rafaela Di Guimarães

O que te falta?

“Talvez o mais importante de todos os encontros seja aquele em que você acaba se encontrando com uma parte de si mesmo. Uma parte que nem mesmo imaginava que precisava encontrar”

Essa tal Felicidade!!!

Essa tal felicidade, que tantos buscam, que tantos querem; não tem endereço definido e tampouco um horário de chegada ou partida

Tenha coragem

“Se ficarmos presos ao negativismo, ao pessimismo e ao medo, não conseguiremos perceber que algo aparentemente ruim, pode nos acrescentar diversas lições positivas”

O hospital das Mães

Onde fica o hospital das mães? Para onde elas vão, quando estão precisadas? Quando estão cansadas, quando estão tristes, quando estão sem esperança…Existe um endereço para colocar no GPS?…