A Operação Nota Zero, que investiga um possível esquema para desviar recursos destinados a reformas em escolas públicas da Coordenação Regional de Ensino (CRE) do Recanto das Emas, foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (6). Participaram da operação o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e a A Delegacia de Repressão à Corrupção (Decor).

Foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal em residências de agentes públicos, sedes de pessoas jurídicas e na CRE do Recanto das Emas. As buscas visam à obtenção de elementos probatórios que irão subsidiar as investigações em andamento.

A investigação teve início em 2020, com base em suspeitas de que as pessoas jurídicas contratadas pela CRE do Recanto das Emas para executar obras e serviços estariam vinculadas a servidores da Secretaria de Educação. Essas empresas fariam uso de notas fiscais frias para atestar serviços não prestados de fato e com superfaturamento de valores.

O provável modus operandi do esquema consistia no direcionamento de contratos para pessoas jurídicas vinculadas aos servidores da CRE do Recanto das Emas, que simulavam uma competição entre si. Os processos eram direcionados para que essas empresas vencessem. Dessa forma, o grupo era sistematicamente beneficiado e praticava o superfaturamento de valores. A logística adotada compromete por completo a efetiva fiscalização das prestações de contas.

Os promotores de Justiça que trabalham na análise das prestações de contas chamam a atenção dos possíveis envolvidos em atos ilegais na gestão do Pdaf para o fato de que o MPDFT pode avaliar o cabimento de acordos previstos em lei.

Fique por dentro do que acontece em Brasília

Receba atualizações semanais.

Relacionados

UPA Planaltina vai ser inaugurada nesta quarta-feira (8)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, vai inaugurar a Unidade de…

DER entrega trecho entre Itapoã e Planaltina e planeja duplicar a DF-250

Governo do Distrito Federal (GDF) inaugurou a pavimentação nesta terça-feira (7) e agora o trânsito está livre para ônibus escolares e de linhas urbanas, ambulâncias, viaturas de polícia, além de mais de 10 mil motoristas que acessam a via, diariamente

Zoológico de Brasília recebe ursa ameaçada de extinção

O urso-de-óculos é a única espécie desse animal cuja ocorrência é na América do Sul. Atualmente, encontra-se ameaçada de extinção pela perda gradual de habitat, o que a torna dependente de esforços em cativeiro para não desaparecer