crédito: CBM-DF

Vinte bombeiros do Distrito Federal foram enviados, na tarde dessa quinta-feira (16/9), para auxiliar no combate ao incêndio que atinge a Chapada dos Veadeiros, no norte de Goiás. O fogo dura cinco dias e destruiu mais de 10 mil hectares na área de proteção ambiental do Pouso Alto.

O reforço veio após um pedido do próprio comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO). A equipe do DF viajou às 14h e é composta por três oficiais e 17 praças. Os militares são especializados no combate a incêndio florestal, segundo o CBMDF.

Para a missão, os agentes levam diversos equipamentos, como abafadores, bombas costais e sopradores de ar. Também foi designada uma aeronave com capacidade de 3 mil litros de água para o enfrentamento das chamas. De acordo com a corporação, está prevista a permanência da equipe no local até a extinção do fogo.

Devastação

O incêndio começou no Vale da Lua, no domingo (12/9). No dia, cerca de 100 turistas ficaram isolados no local. Por causa das chamas, o Vale da Lua e a Cachoeira do Segredo foram fechados.

Na quarta-feira (15/9), o Parque Estadual Águas do Paraíso também foi fechado, pois havia o risco das chamas se aproximarem da área.

Com informações de Correio Braziliense

Fique por dentro do que acontece em Brasília

Receba atualizações semanais.

Relacionados

Veja quem pode e onde se vacinar contra Covid no DF nesta terça-feira (5)

Veja quem pode e onde se vacinar contra Covid no DF nesta terça-feira (5/10)

Brasília Ambiental reabre cadastro para castração de cadelas

Resultado será disponibilizado até 14 de outubro. As cirurgias começam no dia 15 deste mês

Novo Secretário de Saúde fez visita técnica a unidades da pasta

Pafiadache foi nomeado após a exoneração, a pedido próprio, do então secretário Osnei Okumoto, em agosto