“A vacinação dos profissionais possibilita o retorno presencial. E a retomada é uma vitória para a educação e para os pais, mães e responsáveis que precisam de um lugar seguro para atender seus filhos enquanto trabalham, sem falar da importância dessa etapa para as crianças, que é a base de todo percurso educacional” Leandro Cruz, secretário de Educação

As atividades presenciais nas creches conveniadas à Secretaria de Educação voltam no dia 28 de junho. A decisão foi anunciada pelo secretário de Educação, Leandro Cuz, após reunião com a participação do secretário executivo da pasta, Fábio Sousa, representantes do Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinproep) e do Conselho de Entidades de Promoção e Assistência Social (Cepas), responsável pelas creches conveniadas com o poder público.

“A vacinação dos profissionais possibilita o retorno presencial. E a retomada é uma vitória para a educação e para os pais, mães e responsáveis que precisam de um lugar seguro para atender seus filhos enquanto trabalham, sem falar da importância dessa etapa para as crianças, que é a base de todo percurso educacional”, afirmou Leandro Cruz.

Fábio Sousa esclareceu sobre a dinâmica do retorno. “A primeira semana será dedicada à capacitação, na prática, dos profissionais que atuam nessas instituições sobre os protocolos de segurança contra a covid-19. Será um período para ambientação e preparação das medidas sanitárias, para receber todas as crianças, que carecem de uma atenção especial , por se tratar de um público totalmente dependente do profissional. Muitos ainda requerem colo, daí a importância dessa ambientação”, informou Fábio Sousa.

No dia 5 de julho, as instituições já estarão totalmente preparadas para recepcionar as crianças.

Rede conveniada

 

A Secretaria de Educação mantém parceria com 59 centros de educação da primeira infância (CEPIs), construídos com recursos públicos e geridos pela iniciativa privada, e com 63 instituições privadas conveniadas.

Ao todo, as 122 unidades atendem 22.967 crianças de zero a 5 anos de idade. Destas, 18.450 são da etapa creche e 4.144 da pré-escola. Essas instituições tiveram o atendimento presencial suspenso em 19 de março de 2020, em razão da pandemia da covid-19.

A vacinação dos profissionais ocorreu de 21 de maio a 13 de junho.

*Com informações da Secretaria de Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro do que acontece em Brasília

Receba atualizações semanais.

Relacionados

Covid-19: Saúde anuncia esforço para aumentar a vacinação da segunda dose em grupos com mais de 70 anos no DF

A partir de 15h desta sexta-feira (30) será aberto o agendamento de mil vagas para pessoas com comorbidades, cuja vacinação ocorrerá domingo (1º) e segunda-feira (2) na Praça dos Cristais

Com previsão de mais 150 mil doses, Ibaneis anuncia vacinação a partir de 30 anos

Doses da vacina devem chegar ao DF neste fim de semana. Expectativa do governador é baixar a faixa etária do público-alvo na semana que vem

Falta de energia atinge área rural nesta sexta (30)

Ainda no Paranoá, o Núcleo Rural Boqueirão ficará sem energia das 9h às 16h30, afetando as chácaras Canaã, Preciosidade e Oriente